Mito ou verdade? Raspar os pelos, faz com que eles cresçam mais grossos?

Muitas pessoas provavelmente já ouviram isso de alguém: se você cortar os seus pelos, eles crescerão sempre mais grossos e escuros. Contudo, será que esse fato é verdade ou é mais algum daqueles mitos passados por gerações e sem qualquer fundamento?

Nós nos barbeamos, aparamos os pelos, em alguns casos nos depilamos, tudo com o objetivo de evitar que os pelos se manifestem no solo fértil que é nosso corpo. Se a fênix renasce das cinzas, os nossos pelos sempre renascem depois que são cortados e parecem que ficam mais e mais insistentes.

No entanto, de acordo com estudos de Amy McMichael, do Departamento de Dermatologia do instituto Wake Forest Baptist Health, os pelos não ficam mais grossos quando eles são cortados. “As pessoas simplesmente não são boas observadoras, já que não há evidências científicas de que os pelos crescem mais espessos”, garantiu McMichael. Contudo, é importante ressaltar que em alguns casos isso pode ser parcialmente verdade, porém por outros motivos e não pelo ato de cortar os pelos em si – e é por isso que o mito persiste.

Por exemplo, se um menino barbear o bigode que está crescendo, os pelos crescerão um tanto mais forte – porém isso ocorre devido à aceleração hormonal do corpo, quando os pelos adultos se manifestam no rosto do jovem. Os pelos do organismo crescem de acordo com idade e em diferentes regiões, de modo que são regulados pelos hormônios e não pelo ato de barbear ou depilar. Nesse caso, barbear pode acordar esses hormônios.

É verdade que o fato de cortar os pelos, sejam os homens que fazem as barbas ou as mulheres que aparam os pelos das pernas e axilas, pode fazer com que eles pareçam mais grossos quando ficam maiores. Entretanto, isso ocorre devido ao pelo ser cortado pela metade (e não arrancado pela raiz, como ocorre na depilação), de modo que as partes não vistas sob a pele crescem e se manifestam.

Não engane-se: o pelo que você cortou é exatamente o mesmo que nascerá depois. Apesar disso, é verdade que o processo de depilação, se for repetido exaustivamente, pode reduzir eventualmente o crescimento de folículos capilares, já que os fios são retirados pela raiz. Um estudo feito em 1928 comparou o nível de crescimento de pelos em homens, sendo que quatro indivíduos foram analisados ao barbear o rosto sob as mesmas condições.

Os pelos crescem do mesmo jeito

Os pelos faciais que cresceram nas áreas barbeadas e nas áreas intocadas tinham exatamente o mesmo tamanho: nem mais grossos e nem maiores. Todos os fios foram medidos e não houve evidências de que se barbear pode aumentar a taxa de crescimento de barbas. Outro estudo mais recente, de 1970, decidiu analisar o impacto de pelos cortados frequentemente em nosso corpo. Cinco homens toparam participar do estudo, sendo que as pernas direitas eram aparadas constantemente e as esquerdas deixadas intactas.

Depois de meses, o grau de crescimento e a espessura em ambas as pernas foi igual, sem diferenças significativas. Melanie Grossman, uma médica dermatologista de Nova York, desmistificou os mitos dos pelos mais grossos e escuros ao simplesmente dizer: “As mulheres se depilam o tempo todo. Hoje nós seríamos gorilas se os pelos estivessem crescendo mais escuros e mais fortes. Além disso, se isso fosse verdade, nós não precisaríamos nos preocupar com a queda de cabelo, já que sempre cortamos o cabelo também”.

FONTE(S) 

 

 

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!