Agosto Laranja alerta para a esclerose múltipla

O Agosto Laranja chama a atenção para a importância do Dia Nacional de Conscientização sobre a Esclerose Múltipla. Lembrada no dia 30 deste mês, a data busca aumentar a visibilidade para os desafios enfrentados por quem tem a doença. Ainda sem cura, pode causar fadiga, perda de força, alterações na coordenação motora e de equilíbrio, distúrbios visuais e disfunções do intestino e da bexiga.

Segundo a Coordenadora do Centro de Esclerose Múltipla do Hospital Moinhos de Vento, neurologista Maria Cecilia de Vecino, o Agosto Laranja “procura esclarecer e mostrar à população que a doença existe, quais são os sintomas e como as pessoas devem ser tratadas”.

É uma das doenças neurológicas mais registradas em adultos jovens, com incidência entre 15 e 50 anos, conforme a Associação Brasileira de Esclerose Múltipla (Abem). O diagnóstico precisa ser feito por meio do histórico clínico detalhado, exames clínico e neurológico completos e confirmados por exames complementares.

Os neurologistas Maria Cecilia de Vecino e Marco Aurélio Gralha de Caneda, ambos do Hospital Moinhos de Vento, apresentarão resultados de estudos sobre a doença no 7th Joint Ectrims–Actrims Meeting, realizado em Paris, entre 25 e 28 de outubro. O ECTRIMS (Comitê Europeu de Tratamento e Pesquisa em Esclerose Múltipla) é um dos principais congressos internacionais na área. Costuma reunir cerca de 8 mil pessoas. Neste ano o evento é maior ainda porque será realizado juntamente com o ACTRIMS (Comitê Americano de Tratamento e Pesquisa em Esclerose Múltipla).

Um dos estudos apresentados pelos neurologistas é sobre o PSIR, nova técnica avançada de ressonância que está sendo implementada. A outra pesquisa, o Bicams, é um instrumento de avaliação rápida da cognição. É o prosseguimento de estudos já apresentados, mas agora com uma exploração mais profunda de suas propriedades clínicas, correlacionando seus resultados com a imagem cerebral de ressonância magnética.

– É um momento de interação extremamente importante, pois as experiências e as dúvidas trazem aspectos às vezes surpreendentes ao trabalho – diz Maria Cecilia.

 

fonte: Anahp - Associação Nacional de hospitais privados

 

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!